Síndrome de Burnout ou Síndrome do Esgotamento Profissional é um distúrbio emocional. Seus sintomas estão associados a exaustão extrema, estresse e esgotamento físico resultante de excesso de trabalho.

Uma pessoa com síndrome de burnout se sente constantemente exausta, como se seu trabalho não importasse, e tivesse distorcidas e muitas vezes pessimistas concepções de si mesmas e de outras pessoas.

Através de uma pesquisa, a International Stress Management Association (Isma-BR) calcula que 32% dos trabalhadores no Brasil convivem com Síndrome de Burnout, aproximadamente 33 milhões de cidadãos.

No ranking de oito países, ganhamos de chineses e americanos e só ficamos atrás dos japoneses, com 70% da população atingida.

Sinais e sintomas da síndrome de burnout

A Síndrome de Burnout segue alguns padrões de comportamento. No entanto, segundo especialistas, detectar o burnout pode ser mais complexo do que parece.

O diagnóstico vem de um processo de acompanhamento do paciente das suas condições de trabalho. Isso é importante para não confundi-lo com outras desordens mentais.

Leia abaixo alguns sintomas e sinais da Síndrome de Burnout:

Fadiga crônica e exaustão física e emocional

Burnout e depressão compartilham muitos dos mesmos sintomas. De fato, se não for controlada, o esgotamento pode se transformar rapidamente em depressão crônica e começar a se infiltrar em todos os aspectos da sua vida.

Um dos principais sinais de esgotamento inicial (e depressão) é uma sensação de exaustão, sem alívio à vista. Enquanto todos nos cansamos, o cansaço constante associado à síndrome de burnout é completamente diferente.

Esse tipo de exaustão mental também pode se manifestar fisicamente, com maior vulnerabilidade a resfriados e gripes, náuseas e dores de cabeça. No entanto, é importante consultar um médico se esses tipos de sintomas físicos persistirem.

Cinismo e desapego

É natural passar por períodos de menor satisfação com o trabalho que você faz. Mas se esse sentimento não desaparecer, persistir mesmo durante o tempo com amigos e familiares, é uma grande sinal que você pode estar sofrendo de desgaste.

Além disso, a síndrome de burnout pode levar ao aumento do pessimismo, isolamento e comportamento antissocial, afastando colegas de trabalho, amigos e familiares, além de uma sensação geral de estar desconectado das pessoas e do seu ambiente.

Uma sensação de ineficácia e falta de realização

Uma vez que seu esgotamento atinge um determinado nível, certamente afetará seu trabalho e como você percebe seu próprio valor no local de trabalho. Você pode começar a sentir apatia, desamparo e até desesperança, e se perguntar continuamente 'Qual é o sentido?'

Isso pode levar a que você se sinta ineficaz e inútil e até frustrado e irritado com a sua falta de produtividade. Se você sentir que está remando o mais forte possível e ainda se afastando da costa, provavelmente está enfrentando um surto grave de síndrome de burnout.

O seu local de trabalho está causando a síndrome de burnout?

Muitos dos sinais e sintomas de que acabamos de falar podem estar ligados ao estresse causado pelo local de trabalho:

Companheiros ou líderes rudes e imprudentes podem levar a um aumento de cinismo e pessimismo em relação ao local de trabalho Processos injustos, como ver quem não merece ser recompensado publicamente, podem causar desapego e apatia

É uma questão complexa, mas o ponto principal é que não devemos assumir toda a culpa por estarmos esgotados.

Em muitos casos, precisamos olhar além do indivíduo e manter nosso ambiente igualmente responsável por nosso estado mental, e identificar e falar sobre essas questões pode ajudar a aliviar nosso estresse.

Como prevenir a Síndrome de Burnout?

O esgotamento pode ser uma força incrível acabando com a qualidade de vida. Então, o que podemos fazer para aliviar, parar, reverter ou mesmo voltar de seus terríveis sintomas?

Felizmente, o estresse ocupacional e a síndrome de burnout têm sido temas importantes de pesquisa nas últimas décadas, com muitas estratégias e técnicas comprovadas para ajudar a nos proteger de seus efeitos de drenagem energética.

Reduza os gatilhos de estresse

Quando nossas tensões diárias se tornam comuns, corremos o risco de ficarmos esgotados. Para começar, procure alguns fatores estressantes comuns do trabalho que possam levar a um desgaste mais sério. Aqui estão alguns exemplos que você pode estar enfrentando:

  • Prazos irrealistas
  • Conflitos ou interrupções frequentes
  • Programações imprevisíveis que não permitem planejar um descanso adequado
  • Responsabilidades adicionais que vão além do escopo inicial do seu trabalho, sem serem igualmente compensadas
  • Demandas interpessoais, como lidar com clientes ou colegas de trabalho difíceis

Tente identificá-las desde o início e faça alterações para livrá-las da sua vida diária. Por exemplo, se você está constantemente buscando prazos, pode ser necessário reduzir a quantidade de trabalho que está realizando ou pedir mais tempo.

Se você se deparar com conflitos e incertezas de agendamento, tente criar um modelo diário em seu calendário com espaço para um trabalho produtivo e significativo para garantir que você esteja realizando um trabalho ao qual tenha um anexo.

Priorizar o autocuidado A recuperação começa quando você prioriza a si mesmo e a sua saúde sobre o trabalho e os relacionamentos que estão queimando você. E enquanto descansar e relaxar sempre será a solução ideal, existem algumas técnicas que você pode experimentar durante a semana de trabalho:

Use técnicas de respiração focada. Isso ajuda a acalmá-lo e pode explorar seu sistema nervoso parassimpático e ajudar a reduzir ou gerenciar o estresse.

Faça pausas curtas e frequentes do trabalho. De preferência, intervalos de 5 minutos para cada 20 minutos gastos em sua mesa ou em uma única tarefa. Use as suas pausas para recarregar, desconectar-se do seu trabalho e fazer exercícios para se proteger da exaustão física.

Use cadeiras e mesas ergonômicas. Um arranjo de sit-stand ou similar ajuda a aliviar o estresse físico de ficar sentado em um lugar por muito tempo.

Aceite ou dedique mais tempo a um hobby fora do trabalho. Isso permite que você descomprima, desestresse e se desconecte do trabalho e pode ser o que quiser, mas será especialmente benéfico se envolver qualquer forma de exercício.

Melhorar o desempenho sem sobrecarregar os operadores de Call Center?

Investir em tecnologia tem sido uma das melhores formas de aumentar o desempenho de operações de Call Center. A Comunix oferece inteligência para Call Center e outros canais otimizando todo o processo de operação e gestão para sua empresa.

Atualmente, é uma das melhores alternativas tecnológicas para Call Centers, além de oferecer soluções para telefonia corporativa contribuindo para o aumento da eficiência e redução de custos da sua empresa, seja qual for seu segmento.

Dúvidas sobre soluções tecnológicas ou como implementar um Call Center Terceirizado? Entre em contato e converse com um de nossos especialistas.

fonte: https://blog.rescuetime.com/burnout-syndrome-recovery/

  • Síndrome de Burnout
  • Esgotamento profissional
  Compartilhar no facebook | 0

Mais populares

X Fechar
Agradecemos seu contato!
Um consultor entrará em contato atravéz do email cadastrado! :)
Oops! tivemos algum problema para cadatrar seus dados, envie um email
para contato@comunix.net.br e receba mais informações. Obrigado!

aTENDEMOS CALL CENTERS DE PEQUENO A GRANDE PORTE

Centrais de atendimento de alto desempenho

Cadastre-se e receba o contato do nosso consultor. Analisaremos as necessidades do seu call center / empresa.